Buscar
  • Equipa RTM ME

Natal de Esperança - O verdadeiro Natal também depende de ti


Maria está grávida e José sabe que não é o pai. José certamente questionava-se acerca do que teria acontecido, apesar de ela silenciosamente insistir que a criança no seu ventre tinha sido colocada pelo Espírito Santo. José aparentemente não acreditou na história que Maria lhe contou, pois, o seu plano era deixá-la secretamente. Esta era a escolha mais amorosa e amável para um jovem homem que foi encontrado na agonia da traição. Mas jamais poderia permitir que ela fosse apedrejada. Separar-se dela e desaparecer era o último sacrifício de amor feito por José. É impossível imaginar a desilusão de José para com a pessoa que mais amou no mundo. Maria era o seu mundo e agora nunca mais voltaria a vê-la. José não merecia esta traição e desgosto, ele "merecia" um dia de casamento repleto de alegria e promessas de amor. José tinha de enfrentar os pais de Maria e os seus pais. Embora ele fosse inocente ainda permanecia uma possibilidade de não acreditarem nele. Não havia nenhuma festividade para este jovem desapontado e desgostoso. Estás a sofrer uma verdadeira neste Natal? A minha oração por ti é que permitas que a promessa do Natal se sobreponha às realidades dolorosas da tua vida. Não permitas que o Natal seja definido pela tua desilusão, mas deixa esse sentimento ser mudado para sempre por causa do Natal.

José era um homem justo, um bom homem e um homem amável. A palavra "justo" no versículo 19 é definida no grego desta forma: "Alguém cuja maneira de pensar, sentir e agir é inteiramente conformada à vontade de Deus." José não estava a tomar decisões baseadas no seu interesse próprio. As suas decisões estavam a nascer da convicção de que esta era a vontade perfeita de Deus. Os planos sábios e amáveis de José foram interrompidos por um anjo de Natal:


“José, filho de David, não tenhas medo de aceitar Maria como tua mulher! A criança que ela traz no ventre foi gerada pelo Espírito Santo. Ela terá um filho a quem porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.” – Mateus 1.20


Quão maravilhoso é saber que mesmo quando estamos a fazer o que cremos ser o melhor, os caminhos de Deus ainda são maiores do que as nossas melhores intenções! O Natal é um momento em que o melhor do céu interrompe o nosso bem. Deus tem interrompido a tua vida ultimamente? Talvez neste Natal devas fazer um balanço da tua vida e perceber que Deus tem o direito de interromper o teu mundo. Deus tem o direito de te mostrar um caminho melhor de como viver, porque a tua melhor decisão fica aquém comparada com o que Deus tem para ti e para a tua vida! Era José um rapaz comum apaixonado por uma rapariga comum chamada Maria? Sim...e não! Deus tem sempre planos diferentes dos comuns para aqueles que escolhem um estilo de vida de justiça. Deus deseja usar cada um de nós como o meio pelo qual Cristo se revela a cada geração. Se pensas que o Natal é apenas acerca de José e Maria, estás enganada e podes também juntar-te ao Grinch e Ebenezer Scrooge acerca da sua opinião sobre Natal. Deus anseia fazer nascer o Natal através de ti neste preciso momento da história. Estás aqui para revelar o carácter e o coração de Deus. Isso é o que pessoas justas fazem - não só no Natal, mas nos 365 dias do ano!


Texto de Carol McLeod/ Just Joy Ministries - Adaptado

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 

Formulário de Inscrição

+351 211 581 128

©2020 por RTM Mulheres de Esperança. Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now