Buscar
  • Equipa RTM ME

Natal de Esperança - Jesus nasceu para ti


Os historiadores bíblicos creem que devem ter passado cerca de 1 milhão de visitantes pela pequena cidade chamada "Belém" na altura do alistamento decretado por César Augusto. O que é que acontecia se 1 milhão de pessoas invadisse a sua vila, aldeia ou cidade? De que forma isso afetaria o transito? O comércio? Hotéis, residenciais, alojamentos locais…tudo cheio? Penso que nunca experimentámos esta "ocupação" como foi em Belém naquela espantosa noite. Ali existiam burros a zurrar e vendedores a gritar; havia uma cavalgada de camelos, pessoas, cobradores de impostos e autoridades municipais empurrando e questionando as pessoas no seu caminho pelas ruas empoeiradas de Belém.

As pessoas estavam nervosas e tensas, os seus bolsos estavam vazios e estavam cansados de um governo ganancioso! Era uma massa humana que não sabia onde estava, nem como chegar ao que necessitava. Faz-nos lembrar um pouco o século 21, não é? Deus escolheu este momento de caos e confusão...nervos desgastados e economia fracassada…para o nascimento do Seu filho. Deus escolheu invadir este engarrafamento da humanidade com este pequeno e doce menino.

Deus deseja neutralizar o nosso modo exaustivo de viver e por isso Ele enviou o Príncipe da Paz. Deus sabia que precisávamos de uma resposta à nossa confusão induzida pelo stress e Ele enviou a Sua preciosidade do céu para ser a nossa resposta. No meio da confusão da humanidade e de vozes infinitas, o Salvador nasceu! Não percas os apontamentos divinos do Natal porque estás demasiado envolvida com detalhes momentâneos desta época! A glória do Natal é o milagre da Sua presença.


Provavelmente Maria e José demoraram perto de uma semana para viajar 128 km de Nazaré até Belém, devido a vários aspetos especialmente a gravidez avançada de Maria. Embora o tempo da jornada fosse que contavam os meses nos dedos. Ao entrarem em Belém, foram confrontados com as ruas repletas de uma grande massa humana. Foi exatamente nesse momento que ela sentiu as suas primeiras dores de parto.

Maria sussurrou calmamente em dor:


"José! Por favor encontra-me um lugar para eu descansar!" José não encontrou mais do que uma cave…um celeiro...um estábulo no qual teria de preparar tudo para o aproximar da chegada rápida do seu filho. O estábulo era apertado por causa dos animais dos hospedes. Inevitavelmente cheirava a estrume, e eu imagino a dificuldade de José em encontrar um espaço limpo no feno. Talvez um rato ou dois fugiu com medo enquanto José limpava o espaço para Maria e colocou uma manjedoura de feno perto para o bebé que chegaria. Foi neste ambiente inadequado e sem qualquer conforto que o Salvador da humanidade entrou no mundo!

O meu coração dispara quando tento visualizar a expressão encantada desta jovem mãe conhecendo o seu bebé pela primeira vez! Ela estava a olhar para o rosto de Deus...e Ele olhava para ela também. Ele era o Filho dela, mas também o seu Senhor. Ele era o seu bebé, mas também o seu Rei. Maria fixou os seus olhos em Jesus, quão grande era o seu amor por esta criança. Mas o maior milagre de todos, é que Jesus fixou os seus olhos em Maria, quão grande era o Seu amor pela humanidade. Fixe os seus olhos no verdadeiro significado do Natal. Saiba que Jesus nasceu, Ele nasceu para si. Permita que o bebé na manjedoura envolva o seu coração com o Seu amor.


Texto de Carol McLeod/ Just Joy Ministries - Adaptado

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 

Formulário de Inscrição

+351 211 581 128

©2020 por RTM Mulheres de Esperança. Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now